Estas são as novas trends que deve ter em conta no que conta ao marketing das redes sociais em 2017

Marketing Digital em 2017 - Saiba o que mudou

As profissões se adaptam e evoluem, em um ritmo maior ou menor, para serem mais eficientes no cumprimento de seus objetivos ou para alcançar aqueles que anteriormente eram inatingíveis. Do e-mail para a implementação de robôs e algoritmos que predizem comportamentos de usuários navegando em sites, o Marketing Digital é um dos campos que avança com maior rapidez em suas práticas e que muda mais experiência.

Como ser competitivo em um cenário onde a preocupação é alta? A evolução da tecnologia não deixa de nos surpreender, e os Marketers devem estar cientes das últimas técnicas, ferramentas e oportunidades para conquistar o mercado.

Utilização da voz para efectuar pesquisas nos motores de busca

Desde 2011, aplicações móveis, como Siri e Cortana, permitem que o usuário faça pesquisas no navegador do seu smartphone, sem usar a tela. Embora tenha demorado alguns anos, o mercado finalmente começa a adotar massivamente esse tipo de serviços, de modo que o Google e outros grandes motores de busca já os considerem uma variável suficientemente relevante para incorporar seus algoritmos de pesquisa.

Quais são os motivos para isso? O nascimento da comunicação bidirecional entre usuários e dispositivos abre novas possibilidades na busca e obtenção de respostas. Isso não é nada estranho: a expressão oral dá uma aproximação mais natural da linguagem no processo, o que significa uma mudança nas proposições mencionadas, quantidade de palavras-chave usadas e uso de frases mais extensas. Nem os acidentes devem ser esquecidos, por exemplo, a pronúncia incorreta de uma marca ou produto.

Pouco a pouco, essas mudanças estão modificando as regras do jogo para SEO (Search Engine Optimization). Somente aqueles profissionais que podem entender esse novo cenário podem garantir sites que não escapam às buscas de usuários.

Maior Realismo

Através desta técnica, o mundo físico é expandido através do uso da tecnologia da informação, de modo que o usuário amplia sua percepção através de conteúdo virtual que complementa o mundo real. Os consumidores estão se tornando mais exigentes e buscando novas experiências e, embora a Realidade aumentada tenha existido desde a década de 1990, a indústria do entretenimento conseguiu massificar seu uso através de Smartphones. Devido à sua mobilidade, GPS e câmera, esses dispositivos dão origem ao desenvolvimento de aplicações que proporcionam uma experiência cada vez mais sofisticada e convincente.

O Pokémon GO é um exemplo dos novos campos de aplicação que a tecnologia traz nesta técnica. Seu enorme sucesso marcou uma nova tendência para que as marcas ofereçam valor através de uma experiência de usuário estendida.

É cada vez mais frequente encontrar novos exemplos em todos os tipos de indústrias. Da decoração e pintura através de editores de ambientes (móveis, cor de paredes) para vestuário e jóias que oferecem testadores e vestiários virtuais. Você pode imaginar virar o interior do seu carro para o de um super carro esporte? Tudo aponta para isso em breve, encontraremos mais espaços onde estender nossa experiência de interação com as marcas que combinam o mundo real com o virtual.

Novos usos da Aprendizagem de Máquinas

Sabendo que evoluímos para um mundo de contextos, canais, dados e conteúdos hiper-convergentes, os comerciantes consideram a importância de obter conhecimento com base no fluxo de informações estruturado e não estruturado.

As técnicas de Aprendizado de Máquinas são uma solução sofisticada para esta tarefa. Uma das novidades benéficas é a análise e administração do conteúdo. Através da análise lexical, compara-se os conteúdos que conseguem um maior impacto com os de menor relevância para encontrar aspectos que permitam o sucesso na comunicação. Desta forma, podemos entender as palavras, frases e formatos que nos permitem estabelecer e manter contato com um determinado público, uma chave para o sucesso de uma Estratégia de Comunicação.

A tendência atual para esse tipo de benefício é que ele se torna personalizado ao combinar análise de conteúdo no nível da Campanha com análise de conteúdo a nível individual.

Por exemplo, um teste A / B pode mostrar por um certo período que o público responde melhor a palavra “hello” em vez de “saudações”. Os algoritmos de Aprendizado de Máquinas podem ser aplicados a todas as campanhas para descobrir a melhor introdução do E-mail enviado para uma audiência, ou melhor ainda, um indivíduo.

Humanização da automatização

As recentes tecnologias de automação (por exemplo, respostas automáticas no Facebook Chat) são uma opção tentadora para as empresas reduzir custos e priorizar o atendimento ao cliente que eles consideram importante. Embora seja uma prática que permita o conforto, na medida em que o tratamento humano começa a tornar-se escasso, ele se tornará um valor diferenciador, algo